Delegacia do GOB-Amapá conduz assembleia para constituição da Associação da Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul – Rosa Branca


Na Assembleia Geral de Constituição da Associação, as fraternas GOB-Amapá aprovaram o Estatuto e realizaram a eleição e posse da nova diretoria, após os efeitos legais, possíveis pelo empenho do esforço dos membros da Delegacia, liderados pelo poderoso delegado Ubiracy Picanço.

Fraternas da FRAFEM com o delegado Birinha

Esposas de maçons, do Grande Oriente do Brasil – Delegacia do Amapá, as fraternas, como são identificadas, realizaram Assembleia Geral, no Amapá, para a constituição da Associação, aprovação do Estatuto, eleição e posse da primeira Diretoria da FRAFEM do Estado, após a sua legalização. A Assembleia ocorreu nas dependências sociais da Augusta e Respeitável Loja Simbólica Tiradentes, nº 2599, situada na Avenida Raimundo Antônio Machado, 533 – Bairro do Congós, no dia 3 de Julho, às 20:00 horas.

Com a presença do Delegado do GOB-AP, Ubiracy de Azevedo Picanço Junior, do Secretário Rondinelli Sampaio e do administrador Matheus Bicca, a finalidade foi a de constituir uma Associação sem fins lucrativos denominada Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul – Rosa Branca.

Estiveram presentes as fraternas Beatriz Ayres de Souza Velleda, Maria da Conceição Fernandes da Trindade Costa, Camila Silva de Araújo, Lídia Dias da Costa, Maria Aparecida Idalina Sacramento, Walderez Cavalcante Tavares, Rosilei da Silva Reis, Carolina Costa Rosa, Andreza Pereira Pinheiro, Daniela Pinheiro da Paixão Uchoa, Joaquina Silva Valadares, Iracineia Paes do Carmo, Michele da Costa Ferreira, Paula Homobono Brasil e Natasha Brito de Oliveira.

A fraterna Beatriz Ayres de Souza Velleda, que presidiu a Assembleia, convidou Lídia Dias da Costa para secretariar os trabalhos. O projeto de estatuto foi lido, explicado e debatido, que após submetido à votação, foi aprovado por unanimidade.

A Eleição

Fraternas em confraternização junina

A eleição dos membros que integrarão os órgãos internos da associação ocorreu constituindo a primeira Diretoria, assim disposta: Presidente Maria da Conceição Fernandes da Trindade Costa; Vice-Presidente Andreza Pereira Pinheiro; Diretora Secretária Daniela Pinheiro da Paixão Uchoa; Diretora de Finanças Camila Silva de Araújo; Diretora Social e Cultural Lídia Dias da Costa; 1º Titular Conselho Fiscal (Presidente) Carolina Costa Rosa; 2º Titular Conselho Fiscal Natasha Brito de Oliveira e 3º Titular Conselho Fiscal Michele Da Costa Ferreira. 1º Suplente Conselho Fiscal Rosilei da Silva Reis; 2º Suplente Conselho Fiscal Joaquina Silva Valadares; e 3º Suplente Conselho Fiscal Maria Aparecida Idalina Sacramento, para um mandato até 31 de julho de 2021.

Os Objetivos

A Associação, definitivamente constituída, funcionará na cidade de Macapá-AP, e terá como objetivos difundir por todos os meios ao seu alcance os seus Princípios Gerais; desenvolver trabalhos de natureza cultural, artística e intelectual, promovendo debates, encontros, seminários, conferências, palestras e outros eventos correlatos; desenvolver e difundir a promoção gratuita da educação, inclusive por meio de apoio a programas de alfabetização de adultos; desenvolver e difundir a promoção da segurança alimentar e nutricional, através do incentivo ao aleitamento materno, bem como o apoio a programas e atividades voltados à assistência à infância, aos idosos e ao combate à desnutrição; desenvolver, de forma direta ou em atuação complementar, atividades sociais, culturais, cívicas e filantrópicas, apoio a programas e atividades de acompanhamento e orientação a gestantes; divulgação de práticas de saúde em geral; divulgação de práticas voltadas à economia do lar; ajuda a programas de apoio, pesquisa, desenvolvimento e inclusão de pessoas portadoras de necessidades especiais; ações voltadas ao desenvolvimento e à preservação de valores sociais, tais como a ética, a paz, a cidadania, os direitos humanos, a democracia e outros valores universais; promoção de cursos, concursos e publicações diversas voltados à consecução de seus objetivos; promoção do voluntariado; apoio à(s) Loja(s) no desenvolvimento de suas atividades sociais; participar da coordenação e apoiar as atividades sociais, culturais e filantrópicas de organizações regulares paramaçônicas vinculadas ao GOB, particularmente da Ação Paramaçônica Juvenil; promover o bem-estar das famílias, incentivando sua promoção e integração na comunidade; oferecer à Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul, através da(s) Loja(s), sugestões para ampliar a política de efetiva participação da Fraternidade nas atividades comunitárias, em comum com os obreiros; e estimular a prática da plena fraternidade entre as famílias, inclusive dos Maçons invalidados ou falecidos.

Trabalho na Informalidade

Algumas ações já concretizadas pelas Cunhadas Fraternas, que refletem o verdadeiro espírito de trabalho e entusiasmo em ajudar o próximo”.

Fraternas em ação social de Natal

A Fraternidade Feminina, fundada em 2008, no Amapá, antes de sua constituição como Associação e de legalizar seu Estatuto, já vem trabalhando o social em diversas ações desenvolvidas em conjunto com os obreiros da Loja Veiga Cabral, como a distribuição de sopão, gêneros alimentícios, material de higiene pessoal e outros donativos, além dos esclarecimentos sobre encaminhamento e exames na rede pública e de saúde. Sopão solidário, entrega de sopa nas pontes para pessoas carentes, nos arredores da loja Veiga Cabral.

Ação social na casa da hospitalidade, tendo como público alvo os idosos e as crianças carentes, entrega de fraldas, brinquedos e materiais de consumo e no abrigo São José, entrega de colchões, fraldas descartáveis e brincadeiras com os idosos. Na creche Eloana Cristina, entrega de materiais de higiene pessoal, aplicação de flúor e palestras motivacionais e na academia Professor Nélson dos Anjos, entrega de gêneros alimentícios, equipamentos de boxe e doação de uma geladeira.

A Fraternidade Feminina tem ajudado a população mais carente, em épocas como o Natal, mas no dia a dia das peregrinações sociais que a família maçônica realiza no Norte, através de seus obreiros decididos e suas cunhadas fraternas.

Nos siga nas redes sociais do GOB:

  

Deixe um comentário