APJ, Ação Paramaçônica Juvenil completa 36 Anos


APJ, Ação Paramaçônica Juvenil completa 36 Anos!
No idos dos anos de 1970, um maçom idealizou um trabalho com e pela juventude, que apenas tomou força e vigor no começo dos anos de 1980.
Assim, o tio Adison do Amaral, então Deputado da Soberana Assembleia Federal pela Loja União Ordem e Progresso no. 1229, do Rio de Janeiro, em 15 de abril de 1983 tem aprovado seu projeto que cria aAção Paramaçônica Juvenil do Grande Oriente do Brasil, APJ
Desde então, a APJ vem trabalhando em prol da juventude brasileira, sendo considerada o Projeto Maçônico do Século XX, por Castellani.
Hoje estamos celebrando os 36 anos de fundação e funcionamento da APJ e podemos, sem sombra de dúvida, constatar a importância de tal instituição na vida daqueles que foram membros. Pois sendo uma Escola da Vida, a APJ ajuda a formar bons cidadãos de ambos os sexo, que crescem num ambiente fraterno que complementar a educação recebida no lar e na escola, formando pessoas de bem com de caráter.
Os Apejotisas de diferentes idades e regiões do país hoje estão em festa.
Agradecidos ao tio Adison do Amaral e ao GOB por terem acreditado na juventude de nosso país.
Parabéns a APJ!
autor: Vinicius Marinho

Nos siga nas redes sociais do GOB:

  

Deixe um comentário