A VERDADE NO PAPA FRANCISCO – Artigo de Barbosa Nunes para o Diário da Manhã


Frase transmite ideia e constitui enunciado completo, definindo-se pelo propósito de elaborada comunicação, não pela sua extensão. Forma sentido, sequência lógica. Sempre sintética é grandemente abrangente, transmitindo mensagem para permanente meditação. De frases aprofundadas em suas análises, surgiram livros.

Aprecio muito frases, tenho boa coleção e através delas meus pensamentos e avaliações, quando as leio, é amparado pela sabedoria de seus autores, o que me proporciona melhoria espiritual. Acompanho pronunciamentos, deles tiro muitas frases, de um homem que vem conquistando com simplicidade o coração de milhões de pessoas, despertando com ternura e firmeza posicionamentos com muitas expectativas.

Jorge Mario Bergoglio, “Papa Francisco”, antes intitulado pela sua atuação social de “Cardeal dos argentinos pobres”. Continua após assumir a representação maior da Igreja Católica e de chefe de estado. Não parou, vai dando passos seguros para edificação de uma nova igreja. Novo estilo no Vaticano, imagem de personalidade que conhece e enfrenta desafios à sua frente.

Aborda assuntos e acontecimentos delicados relacionados com a vida e a missão da Igreja, expressando-se com muita verdade, não fugindo de temas dolorosos para a instituição.

Recentemente em viagem a Coréia do Sul, com força “puxou a orelha” de homens e mulheres consagradas, com muita sinceridade, assim se expressando: “A hipocrisia dos homens e mulheres consagradas que professam o voto de pobreza e, contudo, vivem como ricos, danificam a alma dos fiéis e prejudicam a Igreja”. O Papa advertiu para “o perigo que constitui o consumismo em relação à pobreza da Igreja”.

Que o Papa Francisco não seja impedido em continuar a necessária busca da verdade nos porões e intensifique com o vigor cristão, as necessárias mudanças na Igreja. A cúpula pode criar obstáculos. O palco é e já foi de interesses os mais materialistas, escândalos financeiros e pedofilia.

Seu pensamento sobre os corruptos está resumido assim: “Os corruptos fazem um grande dano à Igreja e são um perigo, já que são adoradores de si mesmos, só pensam neles e consideram que não precisam de Deus”.

Que nossos próximos governantes, em época de corrupção nos mais altos níveis e de oferecimento de ilusões e inverdades de campanha eleitoral, possam ter algum momento de meditação na figura e história do Papa Francisco. Pontuo algumas expressões de minha coleção e autoria do Sumo Pontífice:

1- “Sempre que possível, dê um sorriso a um estranho na rua. Pode ser o único gesto de amor que ele verá no dia”.

2- “A Igreja não deve fechar as portas a ninguém, nem mesmo a uma mãe solteira, que pede o batismo para o filho”.

3- “Não deixe que ninguém leve a sua esperança”.

4- “Os milagres existem, mas é necessária a oração! Uma oração corajosa, que luta, que persevera e não uma oração de circunstância”.

5 – “É Deus que dá a vida. Respeitemos e amemos a vida humana, especialmente a vida indefesa no ventre de sua mãe”.

6 – “Penso em todos que estão desempregados, frequentemente por causa de uma mentalidade egoísta que procura o lucro a todo custo”.

7- “Senhor, dai-nos a graça de chorarmos pela nossa indiferença, pela crueldade que existe no mundo e em nós”.

8 – “Não devemos ter medo da bondade, nem da ternura”.

9 – “Estamos irritados com alguém? Rezemos por essa pessoa, isto é amor cristão”.

10- “Um cristão nunca pode andar chateado, nem triste. Quem ama Cristo é uma pessoa cheia de alegria e que irradia alegria”.

11- “Como sabeis, há vários motivos que, ao escolher o meu nome, me levaram a pensar em Francisco de Assis. Um dos primeiros é o amor que Francisco tinha pelos pobres. Ainda há tantos pobres no mundo e tanto sofrimento passam estas pessoas”.

12- “O primeiro em pedir desculpas, é o mais valente. O primeiro em perdoar é o mais forte. O primeiro em esquecer, é o mais feliz.”

E por último, encerrando este artigo, sugerindo meditação sobre as frases que podem inclusive serem temas nos “Tempos de Estudo” das Lojas Maçônicas, fecho nossa conversa deste sábado com a sabedoria divina do Papa Francisco:

“Não chores pelo que perdeste, luta pelo que tens. Não chores pelo que está morto, luta por aquilo que nasceu em ti. Não chores por quem te abandonou, luta por quem está contigo. Não chores por quem te odeia, luta por quem te quer. Não chores pelo teu passado, luta pelo teu presente. Não chores pelo teu sofrimento, luta pela tua felicidade. Com as coisas que vão nos acontecendo, vamos aprendendo que nada é impossível de solucionar, apenas siga adiante”

Deixe um comentário