Campos Salles – 4º Presidente da República do Brasil


04_Campos Salles copiar

Não se sabe, com certeza, onde e quando ele foi iniciado maçom, podendo ter sido na Loja “Independência”, de Campinas (SP). Mas, certamente, foi maçom, pois, em 1863, foi um dos fundadores da Loja “Sete de Setembro” e também pertenceu ao quadro da mesma Loja “Independência”, já que participou do reerguimento da Loja — que cessara suas atividades por algum tempo — em junho de 1868. Em 1883, ele foi nomeado interventor do Grão-Mestrado na Loja “Regeneração III”, de Campinas, e, no mesmo ano, recebeu o título de membro honorário do Supremo Conselho do Brasil.
Advogado, nascido na cidade de Campinas, estado de São Paulo, em 13 de fevereiro de 1841. Foi deputado provinciano pelo Partido Liberal de São Paulo (1868-1869). Membro das comissões provisória (1872) e permanente (1873) do Partido Republicano (PR), elegeu-se vereador em Campinas por este partido (1872-1876), e deputado geral (1885). Foi presidente da comissão central do Partido Republicano de São Paulo (1889), tendo sido deputado provincial por essa legenda (1882-1883 e 1888-1889). Foi ministro da Justiça do governo provisório (1889-1891) e senador por São Paulo à Assembleia Nacional Constituinte (1890-1891). Residindo na Europa (1892-1893), atuou como colaborador do Correio Paulistano. Voltou ao senado (1894-1895), e se tornou presidente do estado de São Paulo (1896-1897). Por meio de eleição direta, passou a exercer a presidência da República em 15 de novembro de 1898. Foi novamente senador por São Paulo (1909-1912), e assumiu o cargo de ministro plenipotenciário do Brasil na Argentina (1912). Faleceu na cidade de Santos, estado de São Paulo, em 28 de junho de 1913.

FONTE: Biblioteca da Presidência da República; José Castellani